Sexta-feira, 3 de Outubro de 2008

Texto livre sob o tema "Euribor", encomendado pelo Roberto Pereira. [ Confesso que hesitei antes de publicar isto aqui, porque além de ser extenso, não me parece grande coisa. A ver vamos. ] Viva a EURIBOR! Crónica da Euriborização ou a Salvação de Portugal como o conhecemos hoje. Eis que estamos todos em pânico. A EURIBOR voltou a subir! A EURIBOR voltou a subir! Os meus amigos telefonam-me às três da manhã, aos gritos no iPhone: “OUVISTE?! A EURIBOR VOLTOU A SUBIR!!”, obrigando-me a retorquir insultos entaramelados e ramelosos para cima do aparelho. Infelizmente, só tenho amigos pobres, daqueles que estão a pagar um T3 a crédito, algures em Odivelas, durante quarenta anos. Ou talvez sessenta...nos últimos momentos a coisa deve ter subido outra vez. Mas, palavra de honra, alguém tem de dizê-lo: Não sejamos egoístas! Estamos todos preocupadinhos com a taxazinha de juro no fim do mês, mas porventura já pensámos nos benefícios que isso nos traz? Há toda uma série de aspectos humanos que não se prendem com as nossas preocupações mesquinhas! Imaginem os benefícios para a saúde que se podem conseguir com uma vida saudável, passada ao ar livre, inspirando bem fundo o ar puro e fresco nos espaços verdes da nossa malha urbana. E os benefícios culturais? Poderemos ler jornais todas as noites e fomentar hábitos de leitura nos nossos filhos – quantos de nós temos em casa lençóis estampados com textos de actualidade noticiosa? Ah, pois!...E considerem ainda as oportunidades únicas para a sua educação científica, com todas as lições gratuitas de astronomia, a dormir ao relento! Qual Magalhães, qual quê! Não sejamos palermas! Pensemos no tempo livre que podemos ganhar, ao não estarmos preocupados com a lida da casa. Os bancos de jardim não precisam de aspirador, a calçada não precisa de ser limpa com Cillit-Bang. Alguém se recorda dos bons velhos tempos dos nossos avós, das histórias que nos contavam sobre as festas das aldeias, antes do tempo da televisão? Agora podemos vivê-los de novo! Os nossos vizinhos comerão ao nosso lado, dormirão encostados a nós – haverá finalmente calor humano, em vez dos desagradáveis diálogos monossilábicos no elevador. Haverá bailarico e arraial todas as noites - como antigamente!... Não sejamos anti-patriotas! Meus amigos: a subida da EURIBOR é uma medida patriótica que já fazia falta! Dizem as estatísticas todas que Portugal está a envelhecer. Há cada vez mais velhos e cada vez menos crianças. Pois a EURIBOR tratará disso! A avó não aguentará um Inverno passado na rua - e que dizer da promiscuidade das noites frias passadas entre dois caixotes de cartão? Um magnífico incentivo para a subida da taxa de natalidade! Não sejamos medíocres! Até a economia beneficia! Graças à subida da EURIBOR, há dezenas de banqueiros que vão passar a ganhar vários milhões de Euros nos próximos anos, pá! E mais: Portugal ressuscitará finalmente a sua indústria de celulose e têxteis. Vender-se-ão mais mantas, jornais e caixotes de cartão do que nunca! Imaginem o florescimento da iniciativa privada. Centenas de empresas de apoio ao suicídio crescerão em todo o país! Vigor económico à grande, apoiado em comprimidos, armas de fogo, cordas e sacos de plástico - e nunca haverá clientes insatisfeitos a escrever cartinhas para a DECO! Portugal na senda do progresso, graças à EURIBOR! Não sejamos burgessos! Pensemos também na projecção cultural de Portugal. Não é possível ter uma indústria cinematográfica interessante, se não temos favelas para filmar cenas de acção e violência, com grandes cenários de dramas humanos, contrastes sociais e histórias pungentes de sobrevivência. Mas agora, sim, isso será possível – o Fernando Meirelles que se cuide, que já cá canta o Urso de Ouro. ...mas é claro que haverá sempre meia-dúzia de Velhos do Restelo, que querem uma casinha mobilada pelos colonialistas suecos do IKEA, com as paredezinhas forradinhas com o ladrilhozito, água canalizada, electricidade, aquecimento central e outras mariquices. Egoístas, todos eles! É graças a essa gente que se gastam, por ano, milhões de Kilowatts de energia, que só contribuem para a destruição do planeta!... É graças a esse espírito pequeno-burguês que Portugal não anda para a frente! A subida das taxas de juro indexadas à EURIBOR é o sinal que faltava para erguer este país! Suba a EURIBOR e subirão com ela os Portugueses, em direcção a um futuro radiante! Portugal cavalga a EURIBOR, como Aladino cavalgava um tapete mágico; os Portugueses subirão com a EURIBOR, como um náufrago rodeado de tubarões sobe agarrado à escada retráctil de um helicóptero da Marinha; faça-se um foguetão com propulsores indexados à EURIBOR e os astronautas Americanos, os cosmonautas Russos e os taikonautas Chineses, verão os Portugueses passar-lhes à frente em grande estilo, até Marte e mais além! Subamos, pois, Portugueses! Viva a EURIBOR! Viva Portugal!



publicado por João Silva às 17:01 |
editado por Miguel Gomes em 08/11/2008 às 03:19link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De leloupfou a 4 de Outubro de 2008 às 21:00
Já na aula adorei tanto este texto como ver o misha a interpretá-lo.

Estou a olhar para um e olha que não é I-Phone. É iPhone.
Daqui a pouco vou olhar para um pela janela fora, porque escrever sms com isto não vai ser fácil.


De Marta a 5 de Outubro de 2008 às 13:29
Também já na aula gostei. Os diminutivos aqui aplicam-se tão bem, sobretudo para quem te ouviu lê-lo.


Comentar post

mais sobre mim
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

Isto é indesmentível

Works e-v-e-r-y-t-i-m-e

Não quero saber...

Sketch: "Homem insensível...

Hello...? Anyone...?

Os sketches! Sim, outra v...

Desafio III

Lançamento do Desafio III

Inspirado em "Rússia cort...

Bom Natal!!!

arquivos

Maio 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

actualidade

albatroz!

aula eduardo madeira

bebé

benfica

benfica tv

certidão

comunicados

concurso

cor-de-rosices

cor-de-rosices texto livre

desafio iii

desafio semanal

elogio funebre

escritório

homem

homem do semáforo

ip

jogos olímpicos

jorge catarino

le loup fou

maddie

mãe

mário calado

marta

miguel gomes

morte

nome de blog

non sense

notícias

óbito

parvoíces

pobres

radio

rádio

referências

religião

ricos

rodolfo

sketch

stand up

texto livre

trabalho de grupo

trabalho susana romana

tv

vídeo

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds