Terça-feira, 4 de Novembro de 2008
Blá blá blá sketch. Blá blá blá versão em pdf. Blá blá blá o texto completo aqui no post. Blá blá blá comentem à vontade.



Sketch para TV. Duas amigas encontram-se num restaurante, café ou esplanada com alguma classe mas não necessariamente finório. Uma delas (TERESA) está já sentada à espera da outra (CLARA) e tem um ar abatido mas tenta disfarçá-lo. CLARA surge com ar apressado, mala e óculos escuros na mão.

CLARA



Olá querida!

(cumprimentam-se com beijinhos, CLARA senta-se)



Desculpa o atraso, o trânsito estava impossível.

TERESA
(tímida)

Não faz mal.

CLARA
(poisa os óculos e a mala, ajeita o cabelo e a roupa)

E então, como é que estás?

TERESA



...não estou nada bem.

(começa a emocionar-se)


CLARA



Então querida? É o Paulo?

(TERESA acena afirmativamente com a cabeça, soluçando)



É aquela história da amante, não é?

(pausa. TERESA chora)



Sinceramente não sei como é que tu aguentas.

TERESA



Eu pensava que as coisas iam mudar de vez, ele estava feliz... Mas ela deixou-o.

CLARA



Vais ver que ele arranja outra num instante. Não tarda está a pôr-te os cornos outra vez.

TERESA



Ele telefona a dizer que tem reuniões e fica a trabalhar até tarde, mas eu sei que ele nem sequer dorme com a secretária.

(pausa, enxuga as lágrimas. CLARA sempre com ar de pena)



Eu não sei, nós já tentámos tantas vezes ter amantes, ser promíscuos, mas volta e meia somos fiéis.

CLARA



Há pessoas que são assim, por muito que tentem não conseguem.

TERESA



Tu sabes há quanto tempo é que ele não me bate? Eu tenho de usar óculos escuros para fingir que tenho hematomas, mas eu sei que as pessoas percebem!

CLARA



Vá, mas ele não estava voltar a beber e tudo?

(TERESA acena afirmativamente)



Então... É só uma questão de tempo até ele te pôr toda negra outra vez.

TERESA



Ele pede desculpa e oferece-me jóias e prendas, mas... é tudo tão vazio.(Suspiro) Não sei... Eu não sei se vamos conseguir divorciar-nos.

CLARA



Pronto querida, vá lá, limpa-me essas lágrimas, arranja-te, que isso passa, sim?

(TERESA acede, relutante, tenta recompôr-se)



Olha, eu prometo que continuo a falar mal de ti nas tuas costas, ok?

(TERESA sorri)



Aliás, esta noite vais dormir com o meu marido e não se fala mais nisso!

TERESA



Ai não, não posso aceitar.

CLARA



Shhh! Não lhe custa nada, temos de ser umas para as outras. Com sorte até engravidas e daqui por uns meses o Paulo descobre que o filho não é dele e pronto, divorciam-se!

TERESA
(abraçam-se)

Obrigada querida. Se não fossem amigas como tu...

FIM


tags:

publicado por João Silva às 01:22 | link do post | comentar | favorito

4 comentários:
De Miguel Gomes da Costa a 4 de Novembro de 2008 às 01:32
Ah, ah, ah!


De Jorge a 4 de Novembro de 2008 às 09:11
Excelente este sketch. Estava a imaginar-te a fazer as falas com aquela entoação que dás, como quem está quase a chorar. Isto resultava era feito com duas boas actrizes, pá...


De Marta a 4 de Novembro de 2008 às 09:31
Ai... lol
Perfeito.
Sim, como o Jorge, também te imaginei nos "então, querida?" que fazes tão bem.


De Guilherme Fonseca a 4 de Novembro de 2008 às 19:30
Está fantástico, João!

Fartei-me de rir! :) E estou sozinho em frente a um pc, pareço um maluco... vê lá o que me fazes.

;)

hug,
gui


Comentar post

mais sobre mim
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

Isto é indesmentível

Works e-v-e-r-y-t-i-m-e

Não quero saber...

Sketch: "Homem insensível...

Hello...? Anyone...?

Os sketches! Sim, outra v...

Desafio III

Lançamento do Desafio III

Inspirado em "Rússia cort...

Bom Natal!!!

arquivos

Maio 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

actualidade

albatroz!

aula eduardo madeira

bebé

benfica

benfica tv

certidão

comunicados

concurso

cor-de-rosices

cor-de-rosices texto livre

desafio iii

desafio semanal

elogio funebre

escritório

homem

homem do semáforo

ip

jogos olímpicos

jorge catarino

le loup fou

maddie

mãe

mário calado

marta

miguel gomes

morte

nome de blog

non sense

notícias

óbito

parvoíces

pobres

radio

rádio

referências

religião

ricos

rodolfo

sketch

stand up

texto livre

trabalho de grupo

trabalho susana romana

tv

vídeo

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds