Sexta-feira, 24.10.08
Eramos nós de livros da Sónia nas mãos, ainda empacotados três a três, à porta da fnac à espera dela.
Tentávamos decidir se entrávamos - "Mas entramos e levamos os livros para onde, Miguel?"
E os moleskine à espera...
Ou se ficávamos por ali até a Sónia aparecer. "Por onde é que ela virá?"
O segurança incomodado decide indagar, saber que estamos ali a fazer. Estamos segundo ele, a "obstruir a porta e as pessoas não podem entrar". Ah... porque nós não somos pessoas e a fnac nem tem seis portas.
Estamos prestes a embarcar numa aventura de entrar na fnac pelas traseiras (mas a fnac tem traseiras, perguntam. Ah pois é!), já curiosos de como será, do que haverá depois da porta...
Chega a Sónia: "Os livros eram para levar para o meu carro"
Ora agora vinha aquele audiozinho muito riquinho que aparece em series como Malucos do riso, na praia ou no Iraque: puo puo puo puoooooooo (este ultimo tem de ser com um ligeiro trinado).
Foi giro, foi diferente ver-vos fora de ambiente Amazónia!


publicado por João Silva às 23:34 | link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito



Isto foi assim aqui a correr, antes de sair para ir à apresentação do livro da Sónia aqui ao lado. Também foi com recurso a ferramentas mais básicas, mas um dia destes saímos em polaroid! Chic' a valer!
Ficam seis depois virão os outros 5 e, digo já, que o Sout Park não concebe homens de caracois nem entradas sem cabelo curto, pelo que vou ter de recorrer ao corte virtual para fazer alguns. Perdi-me um bocado nos tons mas fica a ideia.
Depois de alguns ajustes faciais posso vestir-vos de Jedi, Robin Hood, Gheisha! (riso maquiavélico em fundo)... não haverá limites para mim! Me aguardem...



publicado por João Silva às 19:19 | link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Deixo o meu texto de ontem. Até para experimentar a dica que agradeço já ao João.
Continuo a achar que só tem graça se for uma conversa entre dois homens comuns, pessoas que vêmos todos os dias a discutir futebol. Dois amigos, dois colegas, dois irmãos, pai e filho, genro e sogro, tio, primo, avô, neto. Mas homens, e homens absolutamente comuns. Não tem de se frequentar uma tasca para se gostar de bola. Digo eu, que não as frequento e aprecio o jogo :P
A ideia é a conversa parecer um comentário aos dois jogos (a derrota do Porto no Dragão e a vitória do Sporting, mas um péssimo jogo na Ucrânia) que aconteceram esta semana, seguidos. E em que ambas as equipas usaram os equipamentos alternativos. Se quisermos ir mais longe é uma critica ao facto de esses equipamentos serem cada vez mais "originais" e descaracterizarem os tradicionais.  Tentei o delivery só mesmo para o final. Sendo curto, tinha de se perceber só mais no fim.
Se forem duas mulheres vamos dar ao chavão "mulher que só vê o equipamentos, as pernas, o gel, as tatuagens". Fugir de chavões, rótulos e estereotipos era a minha intenção.
Finalmente, frequeno isso sim, estádios há muitos anos e ouve-se de tudo. Fala-se muito mal, mas também se fala bem. Ou normalmente, pelo menos.

champions league semana 22/10



publicado por João Silva às 14:34 | link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 22.10.08

Quando escrevi o Clube das Mães, a Fátima falou de (mais) uma coisa que as une: os babyblogs.
É verdade. Eu sigo alguns, os de pessoas normais (que eu não conheço) que têm filhos e os vêem como tal. Mas para encontrar estes passei os olhos por alguns (tantos!) outros cheios de posts babados, orgulhosos, exibicionistas.

Os piores para mim são os que são escritos na primeira pessoa. Como se fosse o bebé a falar, estãoa ver? Deprimente, não é? Realizarão que o bebé será um dia uma pessoa, e pasmai-vos, terá uma personalidade, se tudo correr bem, uma maneira própria de falar e escrever até? Que poderá eventualmente vir a ler aquele blog e precisar de psicanálise o resto da vida? Li coisas como "O meu pai é um totó". Escrito pela mãce, ou pelo próprio pai. Tão giros...
Há ainda os não menos patéticos das mãezinhas que se recusam a ser só uma mãe e chamam babyblog a um blog onde põem os seus sapatos, férias a sós com os maridos, o que toda a gente vê ser frustração projectada nos miudos e elas chamam recusar-se a ser mãe a tempo inteiro.
Depois há os das lideres e suas seguidoras. São os mais célebres e concorridos. Mães exemplares, imaculadas (too late, mas elas passam à frente empunhando o estandarte da Ordem da Profissão: Mãe) que sabem tudo assim que nasce o primeiro rebento. Não se atrapalham com uma fralda, um biberão, uma cama para mudar a meio da noite.Os comentários neste segundo tipo de blog lembram-me um espectáculo ao vivo onde o público reage: ri, chora, faz "ooooohhh", "buuuu" ou aplaude todo junto e em conjunto com a autora. Não há troca de ideias, no máximo pedidos de conselho à mestra. Personalidade nestas caixas de comentário, zero.
Os grandes temas que garantem comentários: o parto (pré, pós e, se não puder haver relato online, a descrição do mesmo é obrigatória nos primeiros três dias depois), amamentar e todos passos da evolução da cria: gatinhar, andar falar, comer sozinho. Aquelas coisas que são giras observar normalmente e que nestes blogs perdem a graça porque se tornam competições. Uma exibe o troféu - "já anda!" - e as vencidas, cabisbaixas, invadem a caixa com "parabéns", "ena! tão cedo?! que bom!", "cá em casa ainda estamos atrasados". E assim se rotula toda uma geração que tem no momento 9 meses, de calona.



publicado por João Silva às 20:24 | link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sábado, 18.10.08

Não, não descobri que Da Vinci também era humorista. Voluntário, pelo menos. Eu é que encontro apontamentos de humor onde não é suposto. Ou talvez isso seja rir-me das pessoas. Ou ser apenas descompensada. Albatroz!
Descobri há uns anos o livro "Notas de Cozinha de Leonardo da Vinci" que contém esboços de batedeiras, máquinas de lavar, receitas e algumas notas de etiqueta.
São estas últimas que venho partilhar. Sublinho as que para mim se destacam (a bold a minha favorita), e desafio-vos a identificar as que ainda hoje podemos encontrar nos comensais nossos contemporâneos. 600 anos não mudaram tantos hábitos como se poderia pensar.

ACERCA DO COMPORTAMENTO IMPRÓPRIO À MESA DO MEU AMO


Há hábitos impróprios que um convidado à mesa do meu Amo não deve contrair, sendo o catálogo que se segue baseado nas observações que fiz daqueles que tomaram assento junto do meu Amo durante o ano que passou:



- Convidado algum se deve sentar em cima da mesa, nem de costas voltadas para ela, nem ao colo de outro comensal.

- Nem deve pôr as pernas em cima da mesa.

- Nem se deve sentar debaixo da mesa por qualquer tempo que seja.


- Não se deve pôr a cabeça em cima do prato para comer.


- Não se deve tirar comida do prato do vizinho, sem primeiro lhe pedir autorização.


- Não se deve colocar no prato do vizinho partes desagradáveis ou semi-mastigadas da sua própria comida, sem primeiro lhe pedir autorização.


- Não deve limpar a sua faca às vestes do vizinho.


- Nem usar a sua faca à mesa para trinchar.


- Não deve limpar à mesa as suas armas.


- Não deve retirar comida da mesa, colocando-a na bolsa ou na bota para consumo ulterior.


- Não deve dar dentadas nos frutos que se encontram na fruteira, voltando depois a colocá-los na mesma.


- Não deve cuspir na frente do meu Amo.


- Nem ao seu lado.


- Não deve dar beliscadelas ou palmadas ao vizinho.


- Não deve emitir ruídos resfolegantes ou dar cotoveladas.


- Não deve revirar os olhos ou fazer caretas assustadoras.


- Não deve meter o dedo no nariz ou no ouvido durante a conversação.


- Não deve fazer maquetas, nem acender fogos, nem treinar-se na arte da pantomina em cima da mesa (a menos que o meu Amo o solicite).


- Não deve soltar os seus pássaros em cima da mesa.


- Nem o mesmo fazer com cobras ou escaravelhos.


-Não deve tanger alaúde ou qualquer outro instrumento que possa importunar o vizinho (a menos que o meu Amo o solicite).


- Não deve cantar, nem fazer discursos, nem proferir impropérios, e ainda menos lançar adivinhas lascivas quando a seu lado se encontrar uma dama.


- Não deve conspirar à mesa (a menos que seja com o meu Amo).


- Não deve fazer propostas obscenas aos pajens do meu Amo, nem retoiçar com os corpos deles.


- Nem deve pegar fogo ao vizinho enquanto se encontra à mesa.


- Não deve agredir um serviçal (a menos que seja em defesa própria).


- E se sentir vontade de vomitar, que abandone a mesa.


- Tal como se tiver de urinar



publicado por João Silva às 16:06 | link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Terça-feira, 14.10.08

Um dia falava-se de ainda existirem descendentes dos Távora.
Imaginei isto na altura:

MULHER 1


"Um Távora, mas à séria? Daqueles que era suposto já não haver, do cadafalso a tortura e mais não sei quê?"


MULHER 2


"Pois, um descendente desses..."




MULHER 1

"Ah mas eu tenho de conhecer essa pessoa! E de preferência casar com ele! Já nos estou a ver..."

MULHER 2

"..."

(meses mais tarde, conversa entre o já casal)

 MULHER 1

"Vá lá..."

HOMEM

"Oh, lá estás tu. Não."

MULHER 1

"Que é que te custa? É uma vez de vez em quando que peço..."

HOMEM

"Por favor, já falámos sobre isto. Não."

MULHER 1

"Mas... mas é verde escuro e tudo! Nem sequer dá muito nas vistas. E fica-te a matar..."

(ele, vaidoso, já meio convencido, suspira)

HOMEM

"Pronto... está bem, hoje levo a casaca. Mas o tricornio fica em casa!"

MULHER 1

"Está bem, está bem..."

(baixinho, guardando o tricórnio na mala)

"logo se vê..."


publicado por João Silva às 09:51 | link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Segunda-feira, 13.10.08
É favor seguir por aqui.
"No doctor, call ambulance, keep warm!" Hilarious...
Era só.


publicado por João Silva às 23:15 | link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Tentarei um sketch recriando para isso a minha manhã de hoje.
Local de trabalho. Confronto de chefias:
"a A muda para aqui"
"a A sai daí, para acolá"
"então B para ali"
"então B para acoli"
"Mas afinal não sou soberana, e mais não sei quê?"
"Oh filha, tem paciência. Não é prático e achei precipitado, só isso"
"Ok, A e B mudem então... desulpem lá."
"Hm... melhor C para lugar de A e B... para o teu lado. Sim, é isso!"
"..."
Reuno a equipa. Ar grave, tom sério:
"É segunda, ainda não são dez e já estou em brasa. Esta foi a banda sonora da minha manhã"
E no telefone ligo isto (o que importa são só os primeiros 30 segundos):


publicado por João Silva às 15:57 | link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 07.10.08

Um dos momentos Bridget Jones meets Truman show de que falei, e que saiu para a aula do Eduardo ontem, e para minha própria catarse:

No refeitório, uma pessoa vira-se de repente e eu de tigela de sopa nas mãos. O resultado previsível não foi bonito: O creme de cenoura lançou-se no ar como se tivesse vida própria. Eu a pensar: "Isto há-de voltar para baixo e não tenho para onde fugir: para trás choco com os filetes com arroz de um, para o lado com a lasanha de vitela de outro, para a frente está o imbecil que me fez lançar a sopa na atmosfera..." O creme de cenoura a dar a volta lá em cima. Eu a pensar: "Não posso fugir, vou levar com sopa em pleno refeitório. Que faço? Sorrio? Harakiri? Não há glamour que resista, quanto mais honra!". O creme aterra-me em cima. Decote, braços e ego: tudo escaldado. "Desculpe..." diz com um ar aflito que me fez sentir constrangida por ele, mesmo sendo eu a coberta de sopa (há poucos cavalheiros com H grande) saiu-me um "não faz mal, eu é que me estou a queimar toda" mas apetecia-me ser menos polida, ocorreu-me todo um léxico adormecido de asneiras e insultos mas deixei-o ficar sossegado. Saí dali para um resto de dia a tresandar a cenoura no caldeirão mesmo depois de trocar de roupa.

PS - hm... eu queria que este corderosices, ficasse nas categorias e não nas tags, mas não tenho permissão. Help... anyone...?



publicado por João Silva às 11:48 |
editado por Marta em 08/12/2008 às 13:03link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

mais sobre mim
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

Hello...? Anyone...?

Agora quer fotos.

Os primeiros de todos

Esta coisa do filho do Os...

O trabalho da aula de ont...

Do Rato a casa. Mais port...

O inquérito IP.

Brevemente, todos. South ...

Mais coisas de biombo e o...

A minha aula do IP. At la...

arquivos

Maio 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

actualidade

albatroz!

aula eduardo madeira

bebé

benfica

benfica tv

certidão

comunicados

concurso

cor-de-rosices

cor-de-rosices texto livre

desafio iii

desafio semanal

elogio funebre

escritório

homem

homem do semáforo

ip

jogos olímpicos

jorge catarino

le loup fou

maddie

mãe

mário calado

marta

miguel gomes

morte

nome de blog

non sense

notícias

óbito

parvoíces

pobres

radio

rádio

referências

religião

ricos

rodolfo

sketch

stand up

texto livre

trabalho de grupo

trabalho susana romana

tv

vídeo

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds